Clique aqui para saber mais sobre a minha História
Dr. Alessandro Spíndola - Cirurgia Plástica
Dicas de Emagrecimento
Dicas de Beleza
Receitas Lights
Contato

Kelly Bertaco



31 anos/Casada/2 Filhos/São Paulo- SP

MEU VÍDEO: ASSISTAM

Emagrecimento


70 KG ELIMINADOS:

Com Reeducação Alimentar por  conta própria.

TEMPO: 1 ano e 6 meses.

Dados  do Antes e Depois:

Altura: 1.70

 INÍCIO 08/04         ATUAL

135kg                    ;65kg

Maneq. 58            40

Busto 120             92

Cintura 125          68

Quadril 140          99

Calçado 39          37



Conheça a minha História


Clique na foto

 


Veja meu Fotoblog


Clique na foto


Minha Comunidade no Orkut


PENSE MAGRO E EMAGREÇA

 



Me ADICIONEM!


  

kelbertaco@hotmail.com  



Selinhos que ganhei


UOL
Passe o mouse sobre as imagens para pausar


 Rakeu
  
Joana,Carla e Paula
 

 Patty e Rakeu

Blog de desafio da Jay
 

 
Desafio Dez/08
 
 






Matérias em Revistas


Clique na foto p ver a metéria
   


Revista Boa Forma Maio/09

Eu Consegui-Histórias de sucesso

Revista Boa Forma Dez/08 Desafio de verão
 


Revista Guia Anti Barriga Fev/09


Revista Pense Leve


Revista Women's Health


Clique na foto
 



Outras Matérias



Matérias:

CÂMERA RECORD- DIA 27/03 23:00HS
Gravação c Repórter Maicon Keller

YOGA SEMPRE-Blog da Cris da Boa Forma
Olha eu aí de cabeça p baixo. Clique na foto


A LOIRA DO QURTETO FANTÁSTICO
Blog da Cris da Boa Forma-


RECEITA MEU MOUSSE DE MORANGO. 
E MEU CARDÁPIO. Clique na Foto.


 GELATINA CONTROLA COMPULSÃO POR DOCES
Redação editora abril-  By Kelly -Clique na foto



Cirurgias Plásticas



- Abdominoplastia 

- Mamoplastia

- Prótese de silicone nos seios

   

Dr. Alessandro Spíndola

www.spindolacirurgiaplastica.com.br

Links




::Meu emagrecimento- Sara
::Beth a Conquista
::Rakeu
::Drika
::Exorcize sua alma gorda
::My emagrecimento
::Rosângela
::Dani Cinderela
::Andy
::Mey
::*Sô*
::Erica
::Mari- morando longe
::Julindinha
::Ana Giovana
::Vanuza
::Kecia
::Projeto Cica
::Michele
::Marcia
::Duda
::Juliana
::Lilian
::Rogéria
::Luciana -Vida Nova
::Karla
::Rosi
::Karina
::Monica
::Elaine
::Monica Carvalho
::Sarah
::Juliane
::Flávia
::Luciana Lu-para sempre magra
::Rafinha
::Débora
::Luciana-comportamento magro
::Claudia
::Suzana B.
::Tita
::Zana
::Kalanga
::Sil
::Penélope Charmosa
::Jam
::Adriana
::Gabi
::Rogeria
::Carol
::Alethea
::Li
::Sol- vOU FICAR MAGRA
::Juliene
::Dália
::Diva
::SOL - MEU EMAGRECIMENTO
::LA
::Iane
::Flávia
::Desafio de verão- Boa Forma
::Valéria
::Luka
::Cristina
::Escolha saudável
::Lucia- emagrecendo c Lu
::Paty Castro
::Giane
::JU
::Taci
::Fabíola
::Priscila
::Aline
::Fantinha
::Mari- no regime
::Clarice
::Renata
::Silmara
::Zizi
::Ana Carolina
::Luciana- rumo a vitória
::Josy
::Lucia-vecendo obstáculos
::Herly
::Lau
::Suzana
::Jay
::Somagui
::Mira
::andrea
::Eddi
::Adriana na Dieta
::Kamila
::Michele
::Lu Russa
::Luana
::SI
::Patty
::Débora
::Emanuelly
::Leila Diniz
::Floyde Siqueira
::Blog da revista Pense Leve
::Juliana Viruel
::Ivy
::karina
::Aline
::Rachel
::Erica
::Ana Maria
::Kris
::Bea
::Joana, Carla e Paula
::Juliana
::adriana
::Danny Mou
::Sandra
::Ana Maria
::Bea
::Marcos
::Valerie
::Juliana
::Luciana Kotaka
::Isa
::Kaká
::Elaine
::Angelica
::Raquel Messou
::Andreia
::Leandro Cardoso
::Renata
::In My Shoes
::Tita
::FABI
::Luna
::Bete Diet
::Dóca
::Dany -Minha Batalha
::Carol



Arquivos



18/08/2013 a 24/08/2013

23/09/2012 a 29/09/2012

22/01/2012 a 28/01/2012

30/10/2011 a 05/11/2011

23/10/2011 a 29/10/2011

16/10/2011 a 22/10/2011

28/08/2011 a 03/09/2011

14/08/2011 a 20/08/2011

17/07/2011 a 23/07/2011

26/06/2011 a 02/07/2011

12/06/2011 a 18/06/2011

29/05/2011 a 04/06/2011

22/05/2011 a 28/05/2011

27/03/2011 a 02/04/2011

20/03/2011 a 26/03/2011

06/03/2011 a 12/03/2011

27/02/2011 a 05/03/2011

23/01/2011 a 29/01/2011

02/01/2011 a 08/01/2011

26/12/2010 a 01/01/2011

19/12/2010 a 25/12/2010

05/12/2010 a 11/12/2010

21/11/2010 a 27/11/2010

14/11/2010 a 20/11/2010

07/11/2010 a 13/11/2010

10/10/2010 a 16/10/2010

03/10/2010 a 09/10/2010

19/09/2010 a 25/09/2010

12/09/2010 a 18/09/2010

22/08/2010 a 28/08/2010

08/08/2010 a 14/08/2010

01/08/2010 a 07/08/2010

25/07/2010 a 31/07/2010

27/06/2010 a 03/07/2010

20/06/2010 a 26/06/2010

13/06/2010 a 19/06/2010

06/06/2010 a 12/06/2010

30/05/2010 a 05/06/2010

23/05/2010 a 29/05/2010

16/05/2010 a 22/05/2010

09/05/2010 a 15/05/2010

02/05/2010 a 08/05/2010

25/04/2010 a 01/05/2010

18/04/2010 a 24/04/2010

11/04/2010 a 17/04/2010

04/04/2010 a 10/04/2010

28/03/2010 a 03/04/2010

14/03/2010 a 20/03/2010

07/03/2010 a 13/03/2010

28/02/2010 a 06/03/2010

21/02/2010 a 27/02/2010

24/01/2010 a 30/01/2010

17/01/2010 a 23/01/2010

10/01/2010 a 16/01/2010

27/12/2009 a 02/01/2010

13/12/2009 a 19/12/2009

29/11/2009 a 05/12/2009

15/11/2009 a 21/11/2009

18/10/2009 a 24/10/2009

11/10/2009 a 17/10/2009

04/10/2009 a 10/10/2009

27/09/2009 a 03/10/2009

20/09/2009 a 26/09/2009

13/09/2009 a 19/09/2009

30/08/2009 a 05/09/2009

23/08/2009 a 29/08/2009

16/08/2009 a 22/08/2009

09/08/2009 a 15/08/2009

02/08/2009 a 08/08/2009

26/07/2009 a 01/08/2009

19/07/2009 a 25/07/2009

05/07/2009 a 11/07/2009

28/06/2009 a 04/07/2009

21/06/2009 a 27/06/2009

14/06/2009 a 20/06/2009

07/06/2009 a 13/06/2009

31/05/2009 a 06/06/2009

24/05/2009 a 30/05/2009

17/05/2009 a 23/05/2009

10/05/2009 a 16/05/2009

03/05/2009 a 09/05/2009

26/04/2009 a 02/05/2009

19/04/2009 a 25/04/2009

12/04/2009 a 18/04/2009

05/04/2009 a 11/04/2009

29/03/2009 a 04/04/2009

22/03/2009 a 28/03/2009

15/03/2009 a 21/03/2009

08/03/2009 a 14/03/2009

01/03/2009 a 07/03/2009

22/02/2009 a 28/02/2009

15/02/2009 a 21/02/2009

08/02/2009 a 14/02/2009

01/02/2009 a 07/02/2009

25/01/2009 a 31/01/2009

18/01/2009 a 24/01/2009

11/01/2009 a 17/01/2009

04/01/2009 a 10/01/2009

28/12/2008 a 03/01/2009

21/12/2008 a 27/12/2008

14/12/2008 a 20/12/2008

07/12/2008 a 13/12/2008

30/11/2008 a 06/12/2008

23/11/2008 a 29/11/2008

16/11/2008 a 22/11/2008

09/11/2008 a 15/11/2008

02/11/2008 a 08/11/2008

26/10/2008 a 01/11/2008

19/10/2008 a 25/10/2008

12/10/2008 a 18/10/2008

05/10/2008 a 11/10/2008

28/09/2008 a 04/10/2008

21/09/2008 a 27/09/2008

14/09/2008 a 20/09/2008

07/09/2008 a 13/09/2008

31/08/2008 a 06/09/2008



Vote e Indique


Indique esse Blog

Dê uma nota para meu blog


Contador de Visitas


Você é o visitante número:




visitantes online



Créditos


Layout by
AB-Designs

Encomende o Seu também!

Exclusivo para o Blog Dietas & Beleza



 
 

FATORES PSICOLÓGICOS X OBSIDADE

ÓLA MENINAS...

Mais uma semana se inicia e juntamente, os nossos votos de uma semana light, então vamos lá, FORÇA E DETERMINAÇÃO, para eliminar uns quilinhos essa semana. EU TB ESTOU NESSA!

BEIJOS E TENHAM UM ÓTIMA SEMANA LIGHT!!!

Continuação dos post sobre: FATORES PSICOLÓGICO X OBESIDADE...

IMAGEM CORPORAL

2- Excesso de Peso e Imagem Corporal

Schilder (1980) define imagem corporal como “a figuração de nosso corpo formada em nossa mente, ou seja, o modo pelo qual o corpo se apresenta para nós”. Explica que apesar desta imagem ser adquirida através dos nossos sentidos, logo, um comportamento ligado à percepção, ela está separada das representações mentais. Isto dá um sentido psicológico à imagem corporal e um significado para o conhecimento interior do corpo. Segundo o teórico, é também desta forma que o modelo postural torna-se a base de atitudes emocionais para o nosso corpo.

Seu estudo mostra que a imagem corporal não é apenas destruída e ameaçada pela dor, a doença, a mutilação real, como também o é por toda insatisfação profunda ou distúrbio libidinal.

Freedman (1991) ressalta que apesar da imagem corporal ser imaginária, ela pode ser vivida como algo tão real como o corpo mesmo. Pode se transformar em uma fonte constante de energia ou em uma causa de dor crônica. Como é uma imagem pode sofrer distorções, ou seja, pode-se considerar que certa parte do corpo é anormal ou se acredita que suas formas e suas medidas são inadequadas.

Weiss et al (1986) ainda aponta como indicativos de distúrbios da imagem corporal a excessiva preocupação da pessoa por sua obesidade, o peso é o que mais lhe interessa; há dificuldade para se olhar no espelho; não se reconhece em seu tamanho real quando engorda ou emagrece.

Os teóricos ressaltam ainda que, alguma pessoa cujo excesso de peso têm início na vida adulta mantém uma imagem na memória de magra. A imagem corporal destas pessoas fixada na infância aparece como imutável apesar da realidade ser outra. Esta negação inconsciente da realidade bloqueia o progresso na direção do emagrecimento ou de se fazer uma dieta. Além disso, o que parece motivar as pessoas para emagrecer e se manterem magras está relacionado com sua habilidade em ter uma imagem real, substituindo a distorção da imagem corporal.

Glucksman & Hirsch (1969) declararam que durante o tratamento de pessoas com excesso de peso verificou através do desempenho, o aparecimento do fenômeno “fantasma”, que parece ficar mais marcante durante a perda de peso, porque é uma espécie de compensação frente ao tamanho atual. Os teóricos afirmam que este fenômeno é mais comum nos sujeitos obesos desde crianças, época em que a “imagem do tamanho do corpo”, antes da perda de peso é relativamente fixada e não pode ser alterada tão rapidamente quanto a atual mudança na configuração do corpo.

Nunes et al (2001) mostraram que há uma relação entre percepção corporal, o índice de massa corpória e os comportamentos alimentares anormais. Mulheres que se sentiam gordas apresentaram um risco quatro vezes maior de comportamentos alimentares anormais. Assim, observamos a importância da avaliação da percepção do peso corporal em estudos que envolvem o controle do peso.

Como foi possível observar, os estudos indicam que a fase de desenvolvimento no qual tem início, o excesso de peso, faz toda a diferença: aqueles que eram magros e depois se tornaram gordos, tendem a manter uma imagem de seu corpo como magros; enquanto que aqueles que eram gordos desde a infância, têm dificuldade de se adaptar a uma nova imagem.

 

3- Prazer e Excesso de Peso

Embora a comida seja considerada como uma fonte de prazer, Cassius (1990) explica que quem come demais, perdeu a capacidade de sentir prazer. Isto ocorre porque cada vez mais se come rápido e em grandes quantidades; sente-se culpado por isso; desespera-se por perder o controle; forma-se um círculo vicioso, come-se mais rápido para não se sentir culpado. A crítica que o obeso recebe por comer demais acaba interferindo na permissão interna de sentir prazer. Isto pode, talvez, influenciar na sensação de outros tipos de prazeres.

É possível identificar nesta doença justificativa para um tratamento psicológico, por ter uma concepção psicossomática multidisciplinar e um paradigma holístico da ciência. Salientando que elas se inter-relacionam.

Podemos definir psicossomática como sendo uma visão teórica geral sobre a saúde, o adoecer e as práticas de saúde. É um campo de pesquisa sobre esses fatos e, ao mesmo tempo, uma prática, a prática de medicina integral.

É na visão da medicina psicossomática que se encontra o espaço de interação entre os fenômenos psíquicos e os somáticos, superando o dualismo, muitas vezes encontrado entre mente e corpo. Kaplan e Kaplan declaram que a obesidade pode não ser uma onipotente desordem psicossomática, mas provavelmente, a mais significante.

Um dos pioneiros desta visão dentro da medicina Reich (1975) compreende as doenças como “uma experiência psíquica que pode provocar uma resposta somática que produz uma mudança permanente em um órgão”. Segundo ele, esta definição se aplica a todas as enfermidades orgânicas. Considera que os desequilíbrios das funções do corpo, sob qualquer forma, poderiam ser o resultado de uma perturbação geral do funcionamento vegetativo que, em outras palavras, representa uma visão progressiva da função normalmente unitária do mecanismo vital. Por volta de 1920, este era, um dos primeiros conceitos funcional-unitários da relação corpo-mente. Reich também descobriu que atitudes e experiências emocionais podem dar origem a certos padrões musculares, que bloqueiam o livre fluxo de energia no funcionamento do organismo.

Mello Filho (1992) declara que “a percepção Psicossomática implica em uma atitude de individuação do paciente”, valorizando sua história pessoal e fazendo correlação com os sintomas atuais. Segundo Cormillot (1977) este enfoque é fisiológico, psicológico e social. De acordo com esta concepção o estudo do excesso de peso é vista na interação de profissionais da clínica, nutrição, saúde mental, educação física dentre outros, uma atitude holística.

Segundo Capra (1982) e Crema (1989) o holismo significa integração, à parte de um todo. Desta maneira quando se analisa o ser humano sob este prisma, está implícito que ele é formado por um conjunto complexo de estruturas: fisiológica, social, emocional, espiritual, psicológica que se inter-relacionam, acarretando o aparecimento de um problema numa determinada área, passando a afetar todas as outras.

Capra declara ainda, que a nossa cultura identifica o corpo humano como uma máquina, que precisa ser analisada em suas partes, considera o corpo separado da mente, e a saúde sendo definida como ausência de doença. No entendimento holístico é adotada uma outra conduta. A concepção sistêmica dos organismos vivos é a sua base, a saúde é percebida como um processo contínuo e totalmente dependente do meio ambiente natural e social, desta forma, dinâmico e flutuante.


Categoria: PSICOLOGIA E OBSIDADE
Escrito por kelbertaco às 20h53 [ ] [ envie esta mensagem ]




[ ver mensagens anteriores ]